Extensão: quando Universidade e comunidade se encontram

O trabalho das universidades é baseado em três pilares: o ensino, a pesquisa e a extensão. Estabelecer o contato entre a universidade e a comunidade na qual está inserida é o principal objetivo da extensão universitária. De acordo com diretrizes da Política Nacional de Extensão, ela é um “processo interdisciplinar, educativo, cultural, científico e político que promove a interação transformadora entre Universidade e outros setores da sociedade”. 

Realizada através de ações, como projetos, programas, cursos, eventos, prestação de serviços, elaboração e difusão de publicações e de outros produtos acadêmicos, a extensão universitária leva universitários, docentes e técnicos ao contato com bairros e associações da cidade. Em São João del-Rei, a atuação tem sido reconhecida inclusive pelos meios de comunicação. Em entrevista para o Jornal Emboabas, da rádio de mesmo nome, a chefe do Setor de Extensão da UFSJ (Setex), Simone Bassi, falou sobre os trabalhos extensionistas da instituição.

Entre as contribuições da extensão, destacam-se a formação do aluno participante e a mobilização da comunidade para a resolução de seus problemas e o estímulo a prática pedagógica. Simone explica que existe uma troca mútua entre comunidade e universidade: “Levamos o conhecimento da academia, por meio dos alunos e docentes, e a comunidade traz de volta, para nós, um saber próprio e popular”.

Para atender às necessidades da sociedade e sistematizar o trabalho executado, as atividades são divididas em oito áreas temáticas: Comunicação, Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação, Meio Ambiente, Saúde, Tecnologia e Produção e Trabalho. Elas promovem a implementação de políticas públicas, qualificam gestores sociais e dispõem novos meios e processos de produção e transferência de conhecimento, ampliando o acesso ao saber e ao desenvolvimento do país.

A extensão na Universidade Federal de São João del-Rei

A Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Proex) é o órgão responsável, na UFSJ, pela gestão das atividades que envolvem essa relação entre universidade e comunidade em geral. Ela é dividida em quatro setores, sendo o Setor de Extensão Universitária um suporte para as atividades extensionistas vinculadas à Proex.

Atualmente, 135 programas e projetos de extensão contemplados com bolsas estão ativos na UFSJ. Eles se dividem nas áreas temáticas estabelecidas pelo Plano Nacional de Extensão. As ações acontecem em bairros, escolas e dentro da própria universidade, atendendo a públicos diversos ou específicos, como as pessoas com deficiência e idosos.  

Todas as sextas-feiras, o site de notícias da UFSJ traz o Comunica Extensão, com novidades sobre as ações extensionistas da nossa Universidade. Acompanhe!


Publicada em 07/07/2017
Fonte: ASCOM

 Voltar