“De mulher para mulher”: projeto de aluna da UFSJ é finalista no "Do it! Challenge!"

Nesta etapa, os mais votados na internet participarão do YouthSpeak Fórum, conceituado evento que acontecerá em São Paulo

“Salários dignos, reconhecimento profissional, oportunidades de capacitação e de carreira”. Essa é uma das Metas do Milênio da ONU quanto à equidade de gênero. E foi inspirada nela que a aluna do curso de Engenharia Química da UFSJ, Rayane Bernardes, desenvolveu o projeto “De mulher para mulher”, que busca impactar a vida de mulheres e oferecer oportunidades de trabalho mais justas. Rayane é uma das finalistas da categoria “Igualdade de gênero” da “Do it! Challenge! 2017”, competição que proporcionará aos vencedores intercâmbio, cursos e financiamento para colocar o projeto em prática.

O projeto “De mulher para mulher”, criado por Rayane, acredita que a autonomia financeira de uma mulher, a conciliação da maternidade com a vida profissional de uma forma que beneficie mãe e filho e a capacitação de mulheres são formas de contribuir para a igualdade de gênero. Assim, propõe a criação de uma plataforma de consultorias on-line para negócios e projetos realizados, prioritariamente, por mães.

O "Do it! Challenge!" é uma parceria com a Eureca e AIESEC Brasil, que tem como objetivo unir jovens talentos preparados para construir um grande legado, propondo soluções para três dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU: fome zero, educação de qualidade e igualdade de gênero. Dentre os projetos finalistas, os mais votados on-line (clique aqui para votar) seguem para São Paulo, na etapa presencial do conceituado evento YouthSpeak Fórum.

Gênero e Ciência

O projeto de Rayane é inspirado em sua atuação no projeto de extensão Inclusão das Mulheres nas Ciências e Tecnologia - IMCT, coordenado pela professora Kelly Dozinel, do Campus Alto Paraopeba da UFSJ (CAP). Em julho deste ano, apresentará a pesquisa "Gênero e Ciência: um estudo sobre as mulheres na Engenharia", também orientada por Kelly, em que aborda, dentre outros aspectos, a conciliação da maternidade e carreira.


Publicada em 03/07/2017
Fonte: ASCOM

 Voltar